News
Loading...

Siga-nos!

Inhotim lança programação cultural para início de 2013

Inmensa, Cildo Meireles - Foto Bruno Magalhães

São Paulo/ Minas Gerais, janeiro de 2013 - O Instituto Inhotim preparou uma série de ações especiais para o começo do ano de 2013, das férias escolares até o carnaval. A maior parte das atividades contemplam as crianças, mas em muitas delas os pais podem participar. 

Recortes especiais da coleção de arte do Instituto foram organizados em visitas especiais, que podem servir como primeira entrada para a compreensão das muitas obras de sua coleção ou como novos pontos de vista para quem já conhece o Inhotim. Entre elas, ações em torno das obras de Cildo Meireles e Hélio Oiticica estão programadas para janeiro e fevereiro, respectivamente.

Oficinas, colônia de férias e apresentações de teatro se destacam em janeiro, e em fevereiro os destaques ficam entorno da agenda voltada para o carnaval.

Todas as atividades da programação estão inclusas na entrada do parque. Confira a programação completa em www.inhotim.org.br.

Janeiro

Ações especiais
Plante Boas Energias em 2013!
Nos dias 01 e 06 de janeiro, o Inhotim oferece uma Visita Panorâmica Especial durante a qual é possível plantar mudas de ervas que comumente são associadas a ideias de boas energias e realização de desejos de ano novo, como arruda, manjericão e hortelã. O plantio será feito na obra “A origem da obra de arte” (2002), de Marilá Dardot, que constitui um convite para a interação do espectador, instigado quem a visita a compor palavras e sentenças com vasos de cerâmica em forma de letras e a distribuí-las pelo campo.

Quando: dias 01 e 06 de janeiro, às 10h e às 14h.
Onde: saída da Recepção.

A origem da obra de arte, Marilá Dardot - Foto Divulgação

Estações – Todos os Desejos
As estações são pontos de atividades espalhados pelo espaço do Inhotim que proporcionam o encontro dos visitantes com a equipe de arte e educação e suas proposições acerca de alguns conceitos e artistas. No dia 01 de janeiro, o visitante é convidado a pensar e experimentar ações que remetem às celebrações, rituais e desejos comuns a essa época, como o recomeço, a reinvenção e as promessas de ano novo. O público é convidado a depositar, compartilhar e trocar desejos para o ano que chega. As obras “Eu Desejo seu Desejo” (2003), de Rivane Neuenschwander, e “Wish Trees” (1980/ 2012), de Yoko Ono, são inspirações usadas para esta ação, que fica disponível para o visitante durante o horário de funcionamento do parque.

Quando: Dia 01 de janeiro, das 10h às 17h.
Onde: Galeria Praça e Galeria Marcenaria.

Colônia de Férias
Pequenos Propositores
Direcionada a crianças de quatro a sete anos, a colônia de férias funciona durante os fins de semana de janeiro e oferece atividades educativas no período integral de funcionamento do parque. 

Enquanto os pais visitam o Inhotim, as crianças, acompanhadas pelos educadores do Instituto, realizam uma visita seguida de oficina, tendo como objetivo produzir diferentes significados sobre os acervos artístico e botânico do instituto.  Ao final do dia são os pequenos propositores que fazem a mediação com a família, ressignificando o espaço do Inhotim através de seus próprios olhares.

Quando: dia 01 janeiro e todas as sextas, sábados e domingos de janeiro, das 10h às 16h.
Onde: Centro de Educação e Cultura Burle Marx. 
20 vagas por dia. Inscrição na Central de Informações (info@inhotim.org.br). 
Para valores e compra de passaporte para um ou mais dias, acesse o link: http://htticket.com.br/inhotim/passaporte.htm

Teatro

Grupo Catibrum 
A companhia, que usa títeres como base de sua pesquisa, mostra duas peças de teatro de bonecos no Inhotim: Homem Voa?, em janeiro e Malasarte, em fevereiro, ambas com direção de Lelo Silva. Os espetáculos tem a entrada inclusa no valor do ingresso do parque. Atenção para a distribuição de ingressos, que é feita 30 minutos antes de cada apresentação, já que a lotação é limitada a 210 lugares.

Homem voa? 
Com bonecos de manipulação direta, teatro de sombras e projeção de imagens, a montagem apresenta a vida de Santos Dumont e seus inventos desde a infância até a vida adulta na Paris da Belle Époque - período marcado por grandes conquistas tecnológicas.

Quando: 20 de janeiro, às 15h. 
Onde: Teatro - Centro de Educação e Cultura Burle Marx. 

Oficina Bonecos de Papel
Bonecos e teatro de papel são antigas formas de brincadeira que trabalham habilidades motoras, criatividade e oralidade, além do jogo da representação como expressão artística. Memórias e brincadeiras infantis fazem parte das referências de muitos artistas contemporâneos em suas produções – como em Camelô, de Cildo Meireles.

Quando: todos os sábados e domingos de janeiro, às 13h30. 
Onde: Atelier - Centro de Educação e Cultura Burle Marx. 
20 vagas por dia. Inscrição na Central de Informações (info@inhotim.org.br).

Ação Especial – Cildo Meireles
Visita Temática – O caráter político na obra de Cildo Meireles
Investigação da obra de Cildo Meireles através da discussão dos caráteres político e crítico que frequentemente acompanham sua pesquisa.

Desvio para o vermelho, Cildo Meireles - Foto Daniela Paoliello

O Inhotim tem o trabalho do artista representado na Galeria Cildo Meireles, que traz três de suas principais instalações: Desvio Para o Vermelho I: Impregnação, II: Entorno, III: Desvio (1967 – 1984), Através (1983 - 1989) e Glove Trotter (1991). Além disso, o Instituto apresenta a escultura em grande escala Inmensa (1982 – 2002), que fica no jardim do Instituto, o objeto Camelô (1998), a série Inserções em Circuitos Ideológicos cédula (1970 - 1976) e Coca-Cola (1970) e exemplares das séries Zero Dollar (1978 - 1984) e Zero Cruzeiro (1974 - 1978). Essa seleção propicia um amplo recorte da trajetória do artista e permite observar suas diferentes fases.

Quando: durante todos os finais de semana de janeiro, às 14:30h.
Onde: saída da Recepção.

Estações
As Estações tornam-se uma plataforma de investigação da obra de Cildo Meireles. Em janeiro, o visitante pode investigar o contexto histórico e estético que permeia a obra de Cildo Meireles e propor intervenções políticas através do uso de objetos banais, recurso muito utilizado pelo artista.

Quando: ao longo de janeiro, de terça à sexta, das 10hs às 16h; sábados, domingos e feriados das 10h às 17h.
Onde: Galeria Praça e Galeria Marcenaria. 

Educação Ambiental

Estação Jardim Especial de férias – Consumo Consciente: Jogos e Brincadeiras
Nesta atividade os participantes tem a oportunidade de resgatar brincadeiras do passado, como corrida de saco e pula corda, utilizando materiais que seriam descartados para a confecção dos brinquedos.

Quando: 12 a 20 de janeiro e dias 29 de janeiro, 02 e 03 de fevereiro, das 10h às 16h.
Onde: próximo ao Penetrável Magic Square #5, de Hélio Oiticica.

Circuito Temático: Botânica e Sustentabilidade
O Circuito convida os participantes a discutirem e refletirem sobre consumo consciente tendo como ponto de partida as espécies botânicas dos jardins. O público recebe um guia especial com fotos das plantas, mapa do circuito e informações sobre as principais espécies abordadas.

Quando: de 12 a 27 de janeiro e 09 e 10 de fevereiro, sempre aos sábados e domingos, às 10h30.
Onde: saída da Recepção.

Espaço Ciência: Diversidade Botânica Inhotim
O Espaço Ciência tem o objetivo de popularizar a ciência e a informação ambiental e tornar o processo de construção do conhecimento científico mais atrativo e divertido. O visitante tem a oportunidade de conhecer a diversidade botânica do Inhotim tendo como ponto de partida a pesquisa científica. 

Quando: de 22 a 27 de janeiro, das 10h às 16h.
Onde: Viveiro Educador.

Fevereiro

Teatro
Em fevereiro o Inhotim apresenta mais um espetáculo do grupo Catibrum, especialista em teatro de bonecos e sombras.

Malasarte
Como em uma colcha de retalhos, vários contos populares como “O Homem que Enganou a Morte”, “A Roupa Nova do Rei” e ”As aventuras de Pedro Malasartes”, foram costurados para compor este espetáculo,  resultando em uma deliciosa comédia que propõe uma viagem ao mundo mágico do teatro de bonecos e dos contos populares da tradição  ibérica. 

Quando: 03 de fevereiro, às 15h. 
Onde: Teatro - Centro de Educação e Cultura Burle Marx. 
Os ingressos serão distribuídos por ordem de chegada, 30 minutos antes da peça. Lotação: 210 lugares.

Carnaval

Ação Especial – Hélio Oiticica 
Ao longo de fevereiro, o visitante tem a oportunidade de investigar a obra de Hélio Oiticica e durante o carnaval pode participar de intervenções inspiradas pela sua produção.

Penetrável Magic Square #5, Hélio Oiticica - Foto Carol Reis

O Inhotim tem o trabalho de Hélio Oiticica, representado pela obra Penetrável Magic Square #5 (1977) e pela Galeria Cosmococa 1-5, que reúne as cinco instalações pensadas por Oiticica em parceria com o cineasta Neville d’Almeida. As obras relacionam-se com a ideia de “Quasi-Cinema”, desenvolvida por Oiticica e D’Almeida, que pretendia investigar a relação do público com a imagem-espetáculo. A série tornou-se referencial para a arte contemporânea. Em Inhotim, as cinco Cosmococas – Trashiscapes, Onobject, Maileryn, Nocagions e Hendrix-War – estão montadas em caráter permanente e permitem a interação com o público, como pensado pelos artistas.

Morgana Rissinger, Coordenadora de Programação Cultural do Inhotim, explica a opção por utilizar a obra de Oiticica como baliza para as ações de carnaval: “Queremos envolver os visitantes em intervenções participativas que ajudem a conhecer melhor os conceitos desenvolvidos por Hélio Oiticica. Este é um bom momento para fazê-lo não só pela ligação entre algumas ações criadas por Oiticica e o carnaval, mas também para marcar a importância que o corpo, o samba e os morros cariocas têm nas suas proposições.”

Visita temática – O Corpo na obra de Hélio Oiticica
A experiência do corpo em ação junto às obras Penetrável Magic Square #5 e Cosmococas é ponto de partida para discussão do Programa Ambiental, metaesquema e cor-tempo, conceitos desenvolvidos por Hélio Oiticica.

Quando: durante todos os finais de semana de fevereiro, às 14:30h.
Onde: saída da Recepção 

Pré-carnaval – parangolés e blocos de carnaval de BH: 
Contando com a participação especial dos blocos de carnaval de rua de Belo Horizonte e da Escola de Samba Cidade Jardim, o visitante é convidado a produzir parangolés que serão posteriormente utilizados pelo público durante o carnaval.

Parangolés são, segundo descreveu Oiticica, uma escultura móvel para ser vestida por uma pessoa. Podem ser capas, tendas, bandeiras ou estandartes coloridos de algodão e náilon.

Os visitantes são convidados a participar de manifestações ambientais com estandartes e parangolés. A proposta visa relacionar a obra de Oiticica com as suas vivências nos morros cariocas e o corpo como escultura móvel.

Quando: 02 (pré-carnaval) e 09 a 12 de fevereiro (intervenção), ao longo do dia.
Onde: próximo à Galeria Cosmococa.

Estações
As Estações tornam-se uma plataforma de investigação da obra de Hélio Oiticica. Em fevereiro, o visitante experimenta materiais e conceitos integrantes do universo de Oiticica, como tecidos, fitas, papéis, botões e plásticos, produzindo seu próprio parangolé. 

Quando: ao longo de fevereiro, de terça a sexta-feira, das 10hs às 16h; sábados, domingos e feriados das 10h às 17h.
Onde: Galeria Praça e Galeria Marcenaria.

Estação Jardim Especial de Carnaval

Folia no Jardim Botânico
A Estação Especial propõe a confecção de máscaras da fauna do Inhotim a partir de materiais que seriam descartados, como papelão e folhas desidratadas. Após a atividade, o público é convidado a participar do Circuitinho Bicho ou Planta e conhecer plantas cujos nomes populares referem-se a bichos, como pata de elefante, orelha de macaco, rabo de peixe, ave do paraíso, dentre outras. 

Quando: 09 a 13 de fevereiro, das 10h às 16h30.
Onde: Tamboril.

Cinema

forumdoc.bh
Em sua 16ª edição, que terminou em 02 de dezembro, o fórumdoc.bh (Festival do Filme Documentário e Etnográfico de Belo Horizonte – Fórum de Antropologia e Cinema) realizou a mostra Cânone e Contra Cânone em parceria com o Inhotim. 

Dois filmes que integraram a programação da mostra – Malandro, Termo Civilizado, de Sylvio Lanna, e Perdidos e Malditos, de Geraldo Veloso – tiveram suas cópias originais restauradas por meio desta parceria e agora são exibidos no Instituto, seguidos de sessão comentada pelo cineasta, crítico, palestrante, ensaísta e pesquisador de cinema Geraldo Veloso e pelo professor, curador e crítico de cinema Ewerton Belico. 

A$suntina das Amérikas, de Luiz Rosemberg Filho e baseado em livros de Fernando Henrique Cardoso e de Wilhelm Reich, também tem sessão no Inhotim. Veja a programação:

Malandro, Termo Civilizado (Brasil, 1986, P&B, 25’), direção de Sylvio Lanna.
Filme musical com a Moreira da Silva e Luiz Melodia.

Perdidos e Malditos (Brasil, 1970, P&B, 75’), direção de Geraldo Veloso.
Almeida atravessa crise de definição existencial: casado com Gisela,intelectual, filha do dono do jornal que ele dirige, entra em choque com seu amigo Tavares, policial que investiga um assassinato provocado por uma série de reportagens do seu jornal sobre o submundo do crime. 

Quando: 23 de fevereiro, às 15h.
Onde: Teatro - Centro de Educação e Cultura Burle Marx. 
Os ingressos serão distribuídos por ordem de chegada, 30 minutos antes da sessão. Lotação: 210 lugares. 
Sessão comentada com Geraldo Veloso e Ewerton Belico.

A$suntina das Amérikas (Brasil, 1976, cor, 90’), direção de Luiz Rosemberg Filho.
Comédia musical sobre uma prostituta que, no período de 24 horas, acorda, briga com a mãe, anarquiza o filho, namora um Papai Noel, um Urso Azul e duas amiguinhas e por fim se encontra com o velho amante milionário. Então, os dois sozinhos, dentro de uma enorme sala, conversam sobre o cotidiano, amam-se, dançam e por fim, matam-se. Baseada em Dependência e Desenvolvimento na América Latina, de Fernando Henrique Cardoso, e Psicologia  de Massas e o fascismo, de Wilhelm Reich.

Quando: 24 de fevereiro, às 15h.
Onde: Teatro - Centro de Educação e Cultura Burle Marx. 
Os ingressos serão distribuídos por ordem de chegada, 30 minutos antes da sessão. Lotação: 210 lugares.

Território C 
Território C é um programa de residência proposto pelo Instituto Inhotim que consiste na participação de um convidado internacional da área de arte que desenvolve, junto a equipe de arte educação do Instituto, um território de pesquisas, proposições e ações a partir das ideias de convite, convívio, crítica, contaminação, condimento e construção. O convidado faz uma imersão no Instituto e a partir disso, propõe uma ação que problematize algum ponto do acervo do Inhotim.
Esta edição do Território C tem como proposta específica a reformulação do mobiliário das Estações – local de acolhimento, ponto de partida ou marco geográfico de um trajeto a ser percorrido pelo visitante no Instituto – e visa a ampliação da acessibilidade e da experiência do público. Esta ação é voltada também aos estudantes de arquitetura, design, e artes visuais.

O convidado de 2013 será definido em janeiro.

QUANDO: segunda quinzena de fevereiro.
ONDE: Centro de Educação e Cultura Burle Max. 

Confira detalhes da programação em www.inhotim.org.br

Instituto Inhotim
Município de Brumadinho, a 60 km de Belo Horizonte
Acesso pelo km 500 da BR-381,sentido BH-SP (aproximadamente 1h15 de viagem), ou pela BR-040, sentido BH-Rio, na altura da entrada para o Retiro do Chalé (aproximadamente 1h30 de viagem) 
Horário de visitação:
Terças, quartas, quintas e sextas-feiras, das 9h30 às 16h30
Sábados, domingos e feriados, das 9h30 às 17h30
Entrada: 
Terça-feira gratuita, exceto feriados
R$ 20,00 quartas e quintas-feiras
R$ 28,00 sextas-feiras, sábados, domingos e feriados
Meia-entrada válida para estudantes identificados e maiores de 60 anos. Crianças de até cinco anos não pagam.
Transporte Saritur: saída da Rodoviária de Belo Horizonte às 9h (plataforma F2) e retorno às 17h30, aos sábados, domingos e feriados e, às 16h de terça a sexta-feira. 
Share on Google Plus

Sobre Equipe Noticia G

O Noticia G é um blog de notícias LGBT sob o princípio da diversidade. Portanto, divulgamos tudo o que cremos ser relativo a todo SER HUMANO. O blog NOTICIA G não mantém qualquer vínculo empregatício com seus colaboradores/colunistas. Todos o fazem por livre e espontânea vontade. As opiniões expressas pelos colaboradores/colunistas não refletem necessariamente a opinião do blog. Se você detém direitos sobre qualquer assunto/mídia veiculado no blog, favor contatar para retirarmos (noticiag@hotmail.com)
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário