News
Loading...

Siga-nos!

Wanessa Camargo vira musa do público gay?


"Meu novo show será espetacular. A tecnologia que estamos usando nunca foi vista no Brasil", cravou Wanessa Camargo - que agora assina apenas como Wanessa - em coletiva de imprensa na tarde desta quinta-feira (9).

A cantora apresentou aos jornalistas os detalhes de sua nova turnê, que estreia neste sábado (11), no Credicard Hall, em São Paulo. Em vez de seguir o caminho tradicional, ou seja, lançar uma turnê para acompanhar um novo trabalho de estúdio, a cantora preferiu basear este show em um novo repertório de apenas quatro músicas.

Party Line, Stuck on Repeat, Falling For U e Worth It são as novas faixas de Wanessa, que serão disponibilizadas para o público por meio de um cartão de plástico conhecido como "musicticket". O cartão será distribuído no show com uma senha através da qual pode-se baixar as músicas pela web, em um esquema que a cantora considera "revolucionário" e em sintonia com o mercado internacional.

DANCIN' DAYS

Sobre a orientação musical de seu novo trabalho, ficou claro que a cantora está na pegada dance-pop, com o uso de sintetizadores, "auto-tune" (programa que afina a voz, usado muito para dar aquele famoso efeito trêmulo nos vocais) e refrões dançantes. "Queria lançar um novo álbum urgente, e queria muito que ele fosse pop. Sinto que não rola mais cantar aquelas músicas românticas que eu cantava quando tinha 17 anos, elas não combinam mais com a vibe atual, que é mais de energia", disse ela, que está numa fase mais "rebelde".

"Estou em uma fase bate-cabeça, mais 'louca', 'rebelde'. Até tentei fazer uma música romântica, sabe, mas não tem mais clima. Pode ser que eu volte algum dia para uma fase mais introspectiva, mas não vejo isso acontecendo agora", continuou a cantora, que passou a cantar em inglês.

"A mudança para o inglês foi algo natural. As novas músicas, com uma pegada mais house, não combinam com o português, fica parecendo que é uma tradução esquisita. Me libertei da obrigação de fazer músicas em português", garantiu.

PÚBLICO GAY

Além de grandes casas de shows, Wanessa afirmou que sua nova turnê também irá passar por boates e casas noturnas.

"Já fui chamada para fazer vários shows em boates, e para essas ocasiões eu faço uma versão pocket do meu show, às vezes só vocal e DJ. Sinto que nesta nova fase estou atraindo mais o público masculino e GLS, e recebo muitos convites para fazer shows para esse público", garantiu Wanessa.

ESTRUTURA PROFISSIONAL

Segundo a cantora, o desejo de fazer uma superprodução no palco veio da falta desse tipo de investimento no mercado brasileiro. O novo show tem paineis de LED, vídeos produzidos especialmente, muitas trocas de figurino, cenário sofisticado e coreografias super-ensaiadas.

"Quando vi o Pink Floyd no palco, achei que aquilo não era real. Daí depois vi o U2 e enlouqueci, não achava que fosse possível fazer algo daquele porte. Em comparação, o cenário da Beyoncé parece até simples. Eu adoro superproduções, já que considero a imagem tao importante quanto a música", opinou Wanessa, que ainda se sente sozinha no cenário do pop profissional brasileiro.

"Acho que tem muita gente tentando fazer algo nesse estilo, mas me sinto muito sozinha, sim. Existe público para grandes produções pop, mas as pessoas têm como referência os shows gringos, e não os nacionais. Nesse sentido, me sinto uma desbravadora", completou.

Confira!


Fonte: Virgula
Share on Google Plus

Sobre Equipe Noticia G

O Noticia G é um blog de notícias LGBT sob o princípio da diversidade. Portanto, divulgamos tudo o que cremos ser relativo a todo SER HUMANO. O blog NOTICIA G não mantém qualquer vínculo empregatício com seus colaboradores/colunistas. Todos o fazem por livre e espontânea vontade. As opiniões expressas pelos colaboradores/colunistas não refletem necessariamente a opinião do blog. Se você detém direitos sobre qualquer assunto/mídia veiculado no blog, favor contatar para retirarmos (noticiag@hotmail.com)
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário