News
Loading...

Siga-nos!

Marco Nanini desabafa



Marco Nanini desabafou numa recente entrevista ao jornal O Dia do Rio de Janeiro, dizendo: 'O que interessa se você é gay, gordo ou magro?' Vejam mais depoimentos do ator:

Por que você resolveu declarar sua homossexualidade?
Marco Nanini: Porque há uma questão de homofobia que vem crescendo, é perigosa e não deve existir. Não gosto da história de você ter que colocar a estrela rosa, acho isso cafona. Você botar um crachá para dizer que é homossexual. O que interessa se você é gay, gordo ou magro? Ou o que um senhor de 64 anos faz embaixo das cobertas? O importante é que você não pode humilhar nenhuma criatura e nem bater com uma chave de fenda seja em quem for. Isso que é esquisito. Bater porque você é isso ou aquilo. Discriminar porque é pobre, burro, ou porque tem ou não tem cultura.

A Marieta Severo disse que ‘A Grande Família’ deve terminar este ano ou em 2013. Está preparado para o fim da série?
Estou preparado para me despedir desde que começou. Íamos fazer só 12 episódios. Essa semana, gravei o de número 425. Queremos ver qual o momento mais adequado para terminar e criar uma dramaturgia que aterrisse sem transtorno.

Nesses 12 anos, você se lembra de alguma história engraçada?
Tem uma que eu gosto bastante. Não tínhamos a possibilidade de o Lineu comer um bolo de maconha e ficar doido. Mas essa história criou ruído. Não sabíamos como colocar isso, mesmo que fosse sem ele saber que o bolo era de maconha. Acabou que foi ao ar um tempo depois. Era muito bom fazer o Lineu doido, rindo na cara do Beiçola, sem saber porque estava rindo, comendo sem parar.

Pela experiência de ‘A Grande Família’, o que você acha da programação voltada para a Classe C, como as novelas ‘Avenida Brasil’ e ‘Cheias de Charme’?
A sociedade atingiu um estilo de vida melhor. A classe C está mais presente e ‘A Grande Família’ é o retrato dessa gente. Isso foi visto lá atrás, quando não tinha essa preocupação da evidência dessa classe. Não acho fácil retratar esse universo. É muito duro para eles (autores e diretores da novela). E essa novela das nove está tendo bons resultados, com personagens mais críveis, menos romantizados. É um caminho interessante para a dramaturgia.

A atriz Marília Pêra disse que, às vezes, se cansa de atuar. Você já teve vontade de jogar tudo para o alto?
Adoro atuar e sentir essa sensação de fingir verdades. É um jogo de risco, mas também uma profissão que te deixa na beira do abismo. Se acordar de ressaca é difícil, quebrar uma perna também. Tem que ser disciplinado. Não tenho mais 20 anos, mas cansa, não de atuar, mas da rotina.

Como homenageado do festival Cine CE e espectador de cinema, o que você acha do atual cinema brasileiro?
Eu sou um espectador negligente. É difícil eu ir ao cinema. Fico sabendo dos filmes porque convivo com meus colegas. Pelos longas que assisto, vejo que há um grande talento emergente de jovens cineastas.

Você pensa em dirigir cinema?
Jamais. Isso é uma loucura. Chega a um estado de tensão incrível. Já dirigi teatro e me arrependi. Não quero mais. O diretor de teatro é muito central. Tem que ter opinião para tudo. Depois que estreia, ninguém quer saber de você. É muita solidão e todo mundo quer vê-lo longe. Gosto de ficar na minha zona de conforto, que é na emoção e na técnica de interpretação.

Fonte: O Dia
Share on Google Plus

Sobre Equipe Noticia G

O Noticia G é um blog de notícias LGBT sob o princípio da diversidade. Portanto, divulgamos tudo o que cremos ser relativo a todo SER HUMANO. O blog NOTICIA G não mantém qualquer vínculo empregatício com seus colaboradores/colunistas. Todos o fazem por livre e espontânea vontade. As opiniões expressas pelos colaboradores/colunistas não refletem necessariamente a opinião do blog. Se você detém direitos sobre qualquer assunto/mídia veiculado no blog, favor contatar para retirarmos (noticiag@hotmail.com)
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário