News
Loading...

Siga-nos!

17ª Parada do Orgulho LGBT do Rio reunião 1,5 milhão de pessoas

Foto: Reprodução


Mais de um 1,5 milhão de pessoas lotaram a orla de Copacabana neste domingo durante a 17ª Parada do Orgulho LGBT Rio – 2012. Com o lema “Coração não tem preconceitos. Tem amor”, o bairro se transformou no lugar mais colorido do mundo. Lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e simpatizantes, pediram respeito ao amor e diversidade, numa grande festa dos direitos humanos e contra qualquer tipo de preconceito, organizada pelo Grupo Arco-Íris de Cidadania LGBT e Instituto Arco-Íris de Direitos Humanos, tudo embalado ao som de 15 trios elétricos. Intérprete oficial da Parada, a cantora Jane Di Castro, foi responsável pela abertura do evento, cantando o Hino Nacional.

Para Julio Moreira, presidente do Grupo Arco-Íris, a festa foi melhor do que era esperado: “o dia e o clima ajudaram muito. Foi um dia de calor humano, numa festa de paz, alegria e da diversidade. A cada ano a Parada se supera e, nesta edição, eu pude perceber que as pessoas estavam mais integradas. Estamos, enfim, conseguindo reunir toda a população em prol da nossa luta, que agora passou a ser a luta de todos”, diz Julio.

Todos unidos pela causa LGBT
Um dos momentos mais emocionantes da Parada LGBT do Rio, ficou por conta das “Mães da Diversidade”. Cerca de 20 mulheres, mães, vieram à frente do primeiro carro, junto com seus filhos, para mostrarem a importância do acolhimento familiar e o respeito à diversidade.

Diversas autoridades estiveram presentes e falaram sobre a luta contra o preconceito. O secretário estadual ambiente, Carlos Minc, fiel parceiro e simpatizante do movimento, ressaltou a importância do evento para a cidade: “o Rio de Janeiro é pioneiro nessa luta pela igualdade e eu tenho muito orgulho de fazer parte dessa festa”, disse. A deputada federal Jandira Feghali também elogiou a iniciativa do Grupo Arco-Íris e seus parceiros lembrando que a luta não pode parar. O deputado estadual Rodrigo Bethlem chamou a população para participar da caminhada contra os royalties, dia 26, na Candelária, intitulada “Veta, Dilma. Contra a injustiça, em defesa dos royalties”.

Cláudio Nascimento, superintendente de Direitos Individuais, Coletivos e Difusos do Governo do Estado e coordenador do programa Rio sem Homofobia, ressaltou os dados do IBGE sobre municípios que têm leis“Segundo o IBGE, menos de 10% dos municípios brasileiras têm políticas para a população LGBT. O Rio é um exemplo de avanços na promoção dos direitos e cidadania para essa população”, ressaltou. Já para o coordenador especial da Diversidade Sexual do Rio, Carlos Tufvesson, o evento levou cidadania à população ao reafirmar os direitos civis de LGBTs. Também estiveram presentes autoridades e lideranças da ABGLT (Associação Brasileira de Gays, Lésbicas, Bissexuais, Travestis e Transexuais) e ABL (Associação Brasileira de Lésbicas), além de representantes de outras cidades e estados.

Serviços sociais atenderam mais de 100 mil pessoas
Os serviços de cidadania e saúde, que tiveram início às 9h, atenderam mais de 100 mil pessoas: a Universidade Estácio de Sá com os serviços Clique Profissões (orientação vocacional),  Curso de Educação Física (com avaliação de massa corporal) e Fisioterapia (avaliação postural); a Secretaria Municipal do Trabalho e Emprego, realizando cadastro para banco de empregos e emitindo carteiras de trabalho; a Secretaria do Ambiente, através do Projeto Eco Moda, promovendo oficinas de customização com materiais recicláveis. Instituições como OAB, Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Saúde - com a ampliação dos serviços de vacinação (hepatite B) e conscientização para prevenção da Tuberculose, HIV/Aids e Dengue também participaram do evento, além do Governo do Estado do Rio de Janeiro, através do programa Rio Sem Homofobia, da Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos e a Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, através da Coordenadoria Especial da Diversidade Sexual fortalecendo os serviços para a população LGBT, com orientações sobre cidadania e direitos humanos.

Pesquisa identificará perfil dos participantes da 17ª Parada do Orgulho LGBT-Rio
O Grupo Arco-Íris e o Programa Estadual Rio Sem Homofobia, em parceria com o Laboratório Integrado em Diversidade Sexual, Políticas e Direitos da UERJ e com Arco-Íris, realizaram uma pesquisa com mais de 500 pessoas. Chamada “Mobilização, violência e políticas LGBT”, a pesquisa vai traçar um perfil aprofundado dos frequentadores do evento. O exame pretende identificar o nível de conhecimento da população LGBT a respeito das políticas públicas para esse segmento, seus direitos e conquistas.


Parceiros desenvolvem  ações e OAB recolhe 2 mil assinaturas para Estatuto da Diversidade
Representantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-RJ) recolheram cerca de 2 mil assinaturas para o Estatuto da Diversidade Sexual. Já a Defensoria Pública Geral do Estado do Rio de Janeiro (DPGERJ) esteve presente através do Núcleo de Defesa da Diversidade Sexual e Direitos Homoafetivos (NUDIVERSIS), com defensores e advogados, que prestaram orientações jurídicas gratuitamente. 

A Parada do Orgulho LGBT Rio contou com patrocínio da Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos do Governo do Estado, através do Programa Rio Sem Homofobia; da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, através da RioTur e da Coordenadoria Especial da Diversidade Sexual e da Petrobrás; contando ainda com o apoio da Secretaria Estadual de Ambiente, Instituto Estadual do Ambiente, Defensoria Pública do Estado, Secretaria Municipal de Saúde, Secretaria Municipal de Trabalho, Sub-Prefeitura da Zona Sul, OAB-RJ, Fórum Estadual de ONG/AIDS, Expo Rainbow, Universidade Estácio de Sá, Rádio FM O Dia e Empório Almir França.

Tendas foram cenário para: distribuição de materiais informativos sobre cidadania, incentivo a testagem voluntária do status sorológico do HIV, além de dicas sobre prevenção contra o HIV/Aids e para a realização de mais de 150 vacinas contra Hepatite B, com o apoio das Secretarias Estadual e Municipal de Saúde e o Fórum Estadual de ONG/AIDS. Foram distribuídas cerca de 300 mil camisinhas masculinas e camisinha feminina. 

A Expo Rainbow, feira temática voltada para o público LGBT, esteve presente no evento com a Tenda Sensation. Além de experimentar, de uma forma diferente, diversas sensações como o frio, calor e toque físico, por meio destas experiências que provocam o relaxamento, cerca de 2 mil pessoas conseguiram absorver de maneira mais intensa as informações sobre a prevenção das doenças sexualmente transmissíveis. 
Share on Google Plus

Sobre Equipe Noticia G

O Noticia G é um blog de notícias LGBT sob o princípio da diversidade. Portanto, divulgamos tudo o que cremos ser relativo a todo SER HUMANO. O blog NOTICIA G não mantém qualquer vínculo empregatício com seus colaboradores/colunistas. Todos o fazem por livre e espontânea vontade. As opiniões expressas pelos colaboradores/colunistas não refletem necessariamente a opinião do blog. Se você detém direitos sobre qualquer assunto/mídia veiculado no blog, favor contatar para retirarmos (noticiag@hotmail.com)
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário